Rússia: equipe de Kaczynski pressionou pilotos a pousar

Investigação russa sobre acidente que matou presidente polonês diz que tripulação foi pressionada por chefe da Força Aérea

iG São Paulo |

Uma investigação russa sobre o acidente de avião de abril de 2010 que matou o então presidente da Polônia Lech Kaczynski afirmou que autoridades polonesas pressionaram os pilotos a pousar, apesar de alertas dos controladores de voo sobre as más condições do tempo.

AP
Acidente na Rússia matou o então presidente da polônia, Lech Kaczynski (abril/2010)

Kaczynski e todos os outros 95 a bordo, incluindo sua mulher, morreram quando o avião caiu ao tentar pousar em Smolensk, na Rússia.

O Comitê Intergovernamental de Aviação, que investiga a maior parte dos acidentes que acontecem em países que pertenciam à antiga União Soviética, divulgou seu relatório final sobre o caso nesta quarta-feira.

Segundo a investigação, os pilotos foram pressionados  a pousar pelo então comandante da Força Aérea polonesa, general Andrzej Blasik. O general foi até a cabine dos pilotos e, de acordo com o relatório, tinha uma quantidade de 0,6 mg/l de álcool no sangue.

Tatiana Anodina, chefe do comitê investigador, afirmou que a presença de Blasik na cabine dos pilotos "influenciou psicologicamente a decisão do comandante de correr um risco injustificado ao continuar descendo para pousar em condições adversas". A investigação também concluiu que a preparação dos pilotos era insuficiente. Segundo a chefe do comitê, não foram encontrados indícios de responsabilidade dos controladores de voo russos no acidente.

As conclusões da investigação prometem irritar autoridades polonesas, que já haviam reclamado de relatórios provisórios divulgados pelo comitê. A Polônia questionou o trabalho dos controladores de voo russos e, em dezembro, o primeiro ministro Donald Tusk disse que os investigadores eram negligentes e tinham cometido erros.

Com AP

    Leia tudo sobre: polôniaacidentedesastres aéreosaviãoLech Kaczynski

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG