Polônia homenageia vítimas de acidente aéreo que matou presidente

Cerimônias marcam um ano do desastre na cidade russa de Smolensk que deixou 96 mortos, entre eles o então líder Lech Kaczysnki

iG São Paulo |

Poloneses participaram neste domingo de uma série de cerimônias em homenagem às vítimas do acidente aéreo na cidade russa de Smolensk, que aconteceu há um ano. O desastre deixou 96 mortos, entre eles o então presidente polonês, Lech Kaczysnki.

Desde o início da manhã, poloneses colocavam flores no local do acidente, no aeroporto de Smolensk, no centro da Cracóvia, na Polônia, e em frente à embaixada polonesa em Moscou, na Rússia.

Uma delegação oficial de familiares e soldados poloneses, liderada pela atual primeira-dama, Anna Komorowska, foi até Smolensk para homenagear as vítimas. Sacerdotes poloneses rezaram uma missa e, depois, os nomes de cada uma das vítimas foram lidos em voz alta.

Em seguida, a primeira-dama, autoridades de Smolensk e representantes do Kremlin depositaram flores na pedra comemorativa que foi colocada no local do acidente. A delegação também visitou um monumento construído em Katyn em homenagem aos mais de 22 mil militares poloneses assassinados entre 1940 e 1941 pelos serviços secretos soviéticos, tragédia até há pouco negada por Moscou.

No dia do acidente, o então líder Lech Kaczynski, sua esposa, membros da cúpula militar polonesa e familiares viajavam justamente para Katyn para homenagear os militares assassinado durante o regime de Stalin.

O avião tinha decolado em Varsóvia e deveria pousar em Smolensk. Por causa das más condições climáticas, o piloto foi aconselhado a não pousar. Porém, foi em frente e o avião caiu em uma floresta próxima ao aeroporto. Uma investigação russa sobre o acidente disse que autoridades do governo polonês pressionaram o piloto a pousar. A Polônia, porém, questiona o trabalho dos investigadores e levanta dúvidas sobre possíveis erros cometidos pelos controladores de voo russos.

A investigação causou mal-estar entre os dois governos, mas na segunda-feira o atual líder polonês, Bronislaw Komorowski, e o presidente russo, Dmitri Medvedev, participarão de uma cerimônia conjunta em homenagem às vítimas.

Com EFE

    Leia tudo sobre: rússiapolôniaLech Kaczynskidesastres aéreosacidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG