Ex-chefe da Nasa sobrevive a acidente de avião no Alasca

Queda de aeronave matou pelo menos cinco pessoas, incluindo o ex-senador americano Ted Stevens

iG São Paulo |

O ex-chefe da Nasa Sean O'Keefe, 54 anos, sobreviveu a um acidente de avião que ocorreu no Alasca na noite de segunda-feira. A queda do avião matou o ex-senador americando Ted Stevens e mais quatro pessoas.

Além de O'Keffe, seu filho, Kevin, e mais outras duas pessoas sobreviveram ao acidente.

O avião, um DeHavilland DHC-3, voava sobre o Lago Nerka e caiu perto da cidade de Dillingham, onde estava previsto que pousasse. Há informações de mau tempo na região no momento do acidente, que será investigado pela Agência Nacional de Transporte Aéreo dos EUA (FAA, na sigla em inglês)

O'Keefe teve uma longa carreira no governo e no sistema superior de ensino, sendo o posto mais recente a atuação como administrador da Nasa de dezembro de 2001 até sua renúncia, em fevereiro de 2005.

Antes de chefiar a Nasa, O'Keefe serviu por 11 meses como vice-diretor do Escritório de Gerenciamento e Orçamento, supervisando a prepação, gerenciamento e administração do orçamento federal.

Ted Stevens

O'Keefe e o ex-senador Ted Stevens eram amigos e costumavam pescar juntos. Importante figura política do Alasca, Stevens foi o republicano que atuou por mais tempo no Senado americano: 40 anos. Nesse período, ganhou a reputação de ser um defensor de projetos federais que levaram milhões de dólares para o Estado.

Em 2008, ele foi considerado culpado de corrupção por receber presentes de uma empresa de serviços petroleiros e perdeu a eleição. No Twitter, a ex-governadora do Alasca Sarah Palin descreveu o acidente como "devastador".

Em 1978, Stevens sobreviveu a um acidente de avião no Aeroporto Internacional de Anchorage, no Alasca. A queda da aeronave causou a morte de Ann Stevens, a primeira mulher do ex-senador.

Com AP

    Leia tudo sobre: aviãoacidentealascanasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG