Avião cai com 51 a bordo e deixa 15 mortos na Venezuela

Segundo governador, 36 pessoas sobreviveram ao acidente no Estado de Bolívar

iG São Paulo |

Um avião com 51 pessoas a bordo da companhia aérea estatal Conviasa, que fazia a rota Porlamar-Ciudad Guayana, caiu nesta segunda-feira na Venezuela. Segundo as autoridades, 36 pessoas sobreviveram, enquanto 15 morreram.

O avião caiu a cerca de 10 quilômetros da cidade de Puerto Ordaz, no Estado de Bolívar, no leste da Venezuela, 10 minutos antes de aterrissar, disse o governador Francisco Rangel Gomez.

O modelo francês ATR-42 da companhia área Conviasa caiu perto do portão 4 da empresa Siderúrgica do Orinoco (Sidor), no Estado de Bolívar, deixando seus destroços entre barris e contâineres de navios, segundo José Zamora, diretor de Proteção Civil Caroní.

Segundo o governador, os 36 sobreviventes estão sendo tratados em hospitais. A maioria dos feridos sofreu traumatismos e queimaduras. No avião, um turboprop de dois motores, estavam 47 passageiros e quatro tripulantes, afirmou Rangel Gomez. A informação inicial era de que havia 47 pessoas a bordo .

Ele disse que o Voo 2350 da Conviasa decolou da Ilha de Margarita e caiu antes de alcançar seu destino, o Aeroporto Internacional Simón Piar, em Puerto Ordaz. Ainda não está claro o que causou o acidente.

Membros dos bombeiros, ambulâncias e organismos de segurança estão no local para realizar os trabalhos de resgate e de extinção do fogo.

No último grande acidente aéreo da Venezuela, em 2008, um avião da companhia Santa Barbara, com 46 pessoas a bordo, bateu nas montanhas. Ninguém sobreviveu. A companhia aérea estatal, Consorcio Venezolano de Industrias Aeronáuticas y Servicios Aeros SA, começou a operar em 2004. Ela faz rotas na Venezuela, Caribe, Argentina, Irã e Síria.

*Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: desastres aéreosaviãoacidentevenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG