Queda de avião militar deixa 11 mortos na África do Sul

De acordo com Ministério da Defesa, acidente em remota região de montanhas foi causado pelas más condições climáticas

iG São Paulo |

A queda de um avião militar da África do Sul deixou 11 mortos em Drakensberg, leste do país, informaram autoridades nesta quinta-feira. Segundo o Ministério da Defesa, o acidente na remota região de montanhas foi causado pelas más condições climáticas.

"A bordo da aeronave estavam seis pessoas da tripulação e cinco passageiros e foi confirmado que não há sobreviventes", informou o Ministério da Defesa em comunicado.

Saiba mais: Veja o especial do iG sobre desastres aéreos

Infográfico: Veja a lista dos dez piores acidentes de avião da história

A aeronave C-47 Dakota decolou de uma base aérea perto de Pretória, na quarta-feira, e estava voando para Mthatha, na província do Cabo Oriental, quando desapareceu, segundo o Ministério.

Um porta-voz oficial negou informações de que o avião carregava uma equipe médica para atender o ex-presidente Nelson Mandela, como chegou a ser noticiado.

Médicos militares responsáveis pelo bem-estar de Mandela, de 94 anos, voam com frequência para o mesmo aeroporto de Cabo Oriental quando vão visitar Mandela em Qunu, um vilarejo rural onde o líder antiapartheid nasceu.

Com Reuters

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG