Queda de avião deixa 15 mortos no Nepal

Seis sobreviventes são resgatados após aeronave colidir com montanha ao tentar pousar no aeroporto de Jomson

iG São Paulo |

Um avião colidiu com uma montanha no norte do Nepal nesta segunda-feira, deixando ao menos 15 mortos. Seis sobreviventes foram levados ao hospital, alguns em estado grave.

Leia também: Veja especial do iG sobre desastres aéreos

AP
O dinamarquês Andreas Rasch, que sobreviveu ao acidente no Nepal, desembarca no aeroporto de Pokhara, para onde foi levado após resgate

A aeronave levava 21 pessoas a bordo, sendo três tripulantes nepaleses, 16 passageiros indianos e dois passageiros dinamarqueses. O acidente aconteceu no momento que o avião, que decolou em Pokhara, no Himalaia, se preparava para pousar no Aeroporto de Jomson, distrito de Mustang.

Após a colisão, o avião se partiu em pedaços, mas não explodiu. Segundo autoridades, uma investigação inicial apontou problemas técnicos na aeronave, um modelo Dornier que pertence a companhia local Agni Air.

O resgate foi rápido porque o acidente aconteceu próximo a uma base militar em Jomson. O aeroporto local é considerado um dos mais perigosos do mundo, localizado a mais de 2,6 mil metros de altura e rodeado por montanhas.

O tabloide dinamarquês Ekstra Bladet entrevistou os passageiros da Dinamarca no hospital e identificou-os como Emilie Joergensen e Andreas Rasch, que estavam na região para praticar trekking.

“Fomos jogados e ficamos apertados entre assentos e corpos”, afirmou Emilie, que “escalou braços e mãos” para sair do avião. “Acho que foi fácil para sairmos porque sentamos na parte de trás e éramos os mais próximos da saída.”

Com AP

    Leia tudo sobre: nepalacidenteaviãodesastres aéreosdinamarca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG