Desabamento de edifício na Bolívia faz Morales pedir ajuda do Brasil

As autoridades procuram por nove sobreviventes. Oito corpos já foram encontrados

EFE |

O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu ajuda a Brasil, Argentina e Chile para resgatar nove possíveis sobreviventes do desabamento de um edifício ocorrido há quatro dias na cidade de Santa Cruz, informaram fontes oficiais nesta quinta-feira. Oito pessoas morreram no acidente.

O porta-voz presidencial, Ivan Canelas, anunciou em entrevista coletiva que uma broca começará a cavar túneis para localizar os sobreviventes.

O diretor do Centro de Operações de Emergência de Santa Cruz, Guillermo Saucedo, confirmou que é esperada para as próximas horas a chegada ao local de um especialista em resgates brasileiro, além de 26 bombeiros do Chile, 12 do México e 20 do Peru.

Já a embaixada da Argentina em La Paz informou em comunicado que chegarão à Bolívia na sexta-feira dois especialistas em resgates em desabamentos.

Saucedo explicou que até a tarde desta quinta-feira foram resgatados oito corpos dos escombros do edifício Málaga, de nove andares, que desabou na segunda-feira por causas ainda desconhecidas.

"Estamos falando de oito pessoas falecidas (...) Ainda temos a esperança de encontrar sobreviventes. Estamos trabalhando de forma manual para tirar os escombros na zona onde achamos que podem estar", detalhou Saucedo.

Acredita-se que nove pessoas estejam presas com vida em um local que seria um porão. Na quarta-feira, os sobreviventes se comunicaram com golpes nas paredes.

As equipes de resgate começaram a cavar túneis para levar aos presos uma câmera, microfones, comida e oxigênio.

    Leia tudo sobre: bolíviaBrasilMoralles

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG