Unesco amplia lista de Patrimônios Culturais Imateriais da Humanidade

Relação agora inclui desde pratos típicos da culinária mexicana até a tradicional acupuntura chinesa

AE |

Getty Images
Comida mexicana: protegida pela Unesco
O que um prato mexicano, um castelo humano e uma sessão de acupuntura podem ter em comum? São tradições. Mais: desde a semana passada, se tornaram Patrimônios Culturais Imateriais da Humanidade. A Unesco anunciou 47 novos integrantes para essa cobiçada lista, que agora conta com 213 integrantes. Seja uma comida típica, um estilo arquitetônico ou uma dança, essas expressões culturais ajudam a promover - e proteger - o patrimônio de um povo, de um país.

Não à toa, pois, os mexicanos estão orgulhosos. Sua cozinha revela o sabor da terra (com muito milho, feijão e, claro, pimenta) e técnicas seculares na criação de iguarias como o picante mole poblano, molho que leva castanhas e chocolate - mas acompanha pratos salgados.

A dieta mediterrânea, inscrita em conjunto por Espanha, Grécia, Itália e Marrocos, também foi considerada Patrimônio Imaterial por preservar habilidades, conhecimentos e tradições que vão desde a paisagem à mesa. O que dizer, então, de uma incursão gastronômica na França? Seleção de produtos, decoração de pratos, harmonização com vinhos: tudo faz parte de um ritual para celebrar a arte de beber e comer. Do aperitivo ao licor.

Mudando o quesito, a China conseguiu incluir na lista as técnicas da acupuntura, propagadas pelo mundo - com 28 representantes, é o país com mais patrimônios imateriais. Três deles acabaram de ser incluídos na lista dos que precisam de proteção urgente: a Meshrep, festa do povo Uygur; a tecnologia dos juncos desenvolvidos na Província Fujian, ao sul do país; e a técnica de impressão em madeira, a mais antiga do mundo.

Curiosos também são os castillos humanos. Em festas populares de Tarragona, na Catalunha, grupos competem para formar a torre mais alta - de pessoas. Conheça a lista completa em unesco.org .

    Leia tudo sobre: Unesco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG