Comediante, que parodiava Sarah Palin, recebeu o Mark Twain de Humor Americano

A comediante e atriz Tina Fey
Getty Images
A comediante e atriz Tina Fey
A comediante Tina Fey, cuja paródia da ex-candidata republicana à vice-presidência dos EUA Sarah Palin influenciou a eleição presidencial norte-americana, recebeu o prêmio Mark Twain de Humor Americano diante de uma platéia lotada no Kennedy Center for the Performing Arts.

Outros comediantes reconhecidos laureados pelo prêmio Twain, desde Steve Martin a Betty White, saudaram Fey por seu papel pioneiro como a primeira roteirista-chefe mulher do programa "Saturday Night Live" e pela comédia "30 Rock", vencedora do prêmio Emmy.

Com um vestido de festa preto na cerimônia de gala terça-feira à noite, Fey agradeceu a todos os astros que viajaram pelo país para homenageá-la.

"Significa muito para mim que vocês se importam mais com o showbiz do que com suas famílias", disse ela. "Nunca pensei que algum dia eu iria me qualificar para o prêmio Mark Twain", afirmou Fey, de 40 anos.

Criado em 1998, o Prêmio Mark Twain reconhece os artistas que exerceram um impacto na sociedade comparável ao escritor do século 19, autor de "As Aventuras de Tom Sawyer."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.