SP Companhia de Dança celebra 4 anos com exposição

Aniversário terá, além de exposição, documentários, livro e estreias de espetáculos

AE |

AE
São Paulo Companhia de Dança
Com 15 coreografias no currículo, que já foram vistas por mais de 165 mil espectadores em 41 cidades, a São Paulo Companhia de Dança completa neste mês quatro anos de existência. Ligado ao Governo do Estado, o grupo começa as comemorações hoje, com a abertura da exposição "Dança das Imagens", na Estação Brás do Metrô. Também está previsto para este mês o lançamento do terceiro livro da SPCD, além da exibição da série de documentários "Figuras da Dança", produzida pela companhia na TV Cultura.

"Dança das Imagens" reúne 18 fotografias de João Caldas, Reginaldo Azevedo, Silvia Machado Willian Aguiar e Alceu Bett, que mostram cenas dos 15 espetáculos da companhia. Apenas as peças "Gnawa" (2005) e "Entreato" (2008) contam com duas imagens na exposição, que fará itinerância ainda pelas estações Paraíso e Luz.

Siga o IG Cultura no Twitter

Durante a permanência da exposição em cada local, o grupo fará uma performance criada para o evento. Todos os 40 bailarinos da SPCD estarão na apresentação, que deve ter duração de 10 minutos. Ao final, os passageiros serão convidados a dançar com os profissionais. Para Inês Bogéa, diretora da companhia, a ação é uma forma de fortalecer o diálogo da dança com a cidade. 'Também é uma forma de levar essa arte para outros espaços', completa ela.

Já a série "Figuras da Dança", que destaca a trajetória de importantes personagens da história da dança nacional, ganhou no ano passado mais dois nomes, Célia Gouvêa e Ana Botafogo, totalizando 17 documentários. No dia 14 deste mês, a TV Cultura - que exibe semanalmente a série, aos sábados, às 00h15 - apresenta o programa da carioca Ana Botafogo. Em março, ainda sem data, é a vez do especial da paulista Célia Gouvêa.

Também está sendo lançado "Terceiro Sinal - Ensaios sobre a São Paulo Companhia de Dança". Com nove textos e quatro perfis, a publicação fala de diversos temas relacionados à dança. A obra deve custar R$ 60 nas livrarias.

Para este ano, a SPCD já tem na agenda do primeiro semestre a estreia de uma coreografia assinada por Rodrigo Pederneiras (do grupo Corpo) e outra pelo francês Eric Gauthier. No segundo semestre, chega ao palco "In the Middle of Somewhat Elevated", parceria com o americano William Forsythe. Inês comemora mais um ano da companhia, que deve ser cheio de trabalho. 'É um prazer enorme poder ter essa relação artística com a cidade'.

Dança das Imagens

Estação Brás. De hoje até 30/1. Performance: dia 28/1, às 17h.
Estação Paraíso. De 10/2 até 28/2. Performance: dia 11/2, às 17h.
Estação Luz. De 10/3 até 30/3. Performance: dia 17/3, às 17h.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG