"Se Beber Não Case parte 2" lidera cinemas da América do Norte

Filme teve a melhor estreia de todos os tempos para uma comédia nos EUA e Canadá

Reuters |

Divulgação
Zach Galifianakis em "Se Beber Não Case 2"
A comédia "Se Beber Não Case - parte 2" arrecadou US$ 86,5 milhões (o equivalente a R$ 138,4 milhões) nas bilheterias dos Estados Unidos e do Canadá neste final de semana, a maior estreia da história na América do Norte para um filme de comédia.

Segundo estimativas do estúdio divulgadas no domingo, a sequência do filme da Warner Bros Pictures sobre homens mal-comportados, que fez sucesso em 2009, também foi um recorde de estreia para filmes de classificação "R", acima de 18 anos.

O final de semana, que emendou a segunda-feira do Dia da Memória, teve o maior volume de vendas da história para esse feriado prolongado, devendo à grande estreia de "Kung Fu Panda 2" e à segunda semana de "Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas".

Os 12 filmes de maior venda nas bilheterias da América do Norte já arrecadaram 216,4 milhões de dólares, e os números devem subir depois de incluir os dados do feriado de segunda-feira nos Estados Unidos.

Apesar de as críticas terem sido mornas para o filme, com comentários dizendo que o segundo filme foi praticamente uma cópia da versão original, "Se Beber Não Case - parte 2" superou a animação "Os Simpsons - O Filme", de 2007, e o sucesso de 2008 "Sex and the City", para se tornar a comédia e o filme de classificação "R" de maior venda na história das bilheterias da América do Norte.

"Se Beber Não Case - parte 2", que reuniu Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis e Justin Bartha para outra confusão em uma festa de solteiro, também arrecadou três vezes o valor acumulado pelo filme original nas bilheterias internacionais, disse a Warner Bros.

    Leia tudo sobre: Se Beber Não Case 2

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG