Retrato de Cindy Sherman deve bater recorde em leilão

Fotografia foi feita no início da década de 1980 e será vendida em maio

Reuters |

Um dos mais famosos retratos da fotógrafa norte-americana Cindy Sherman, pertencente ao Museu de Arte de Akron, em Ohio, será leiloado em maio e pode alcançar um valor inédito para obras da artista, disse a casa Christie's na quinta-feira.

O museu há muito tempo aposta em Sherman, cujo trabalho está atualmente atraindo multidões para uma exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York.

Cindy Sherman
'Sem título nº 96', Cindy Sherman

"Sem título nº 96", da série Centerfolds, feita por Sherman no começo da década de 1980, irá a leilão em 8 de maio em Nova York. A Christie's deve anunciar a autorização para a venda na sexta-feira.

Andrew Massad, especialista em arte contemporânea internacional da Christie's, disse que a obra representa "a apoteose do que Rosalind Krauss (crítica e teórica da arte) chamou de a capacidade de Sherman de destilar uma 'cópia sem original', significando assim arquétipos pictóricos ideais que definem nossa cultura".

Leia mais: Fotos do primeiro show dos Beatles nos EUA vão a leilão

O grande retrato colorido é considerado um dos mais importantes da seminal série Centerfolds. O Museu de Arte de Akron decidiu vendê-los para poder adquirir outras obras para o seu acervo de arte contemporânea.

No ano passado, a Christie's vendeu por US$ 3,89 milhões um outro retrato de Sherman em tamanho quase natural, na qual ela aparece vestida como colegial. Na época, esse foi o preço recorde para uma obra fotográfica, mas o valor já foi superado desde então.

    Leia tudo sobre: Cindy Shermanartefotografia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG