"Rei Leão" destrona "Fantasma da Ópera" na Broadway

Musical arrecadou R$ 1,5 bilhão em Nova York desde sua estreia, em 1997

Reuters |

Divulgação
Cena do musical "O Rei Leão"
A Disney anunciou na segunda-feira que "O Rei Leão" superou no fim de semana o recorde histórico de bilheteria na Broadway que pertencia a "O Fantasma da Ópera", acumulando um faturamento de US$ 853,8 milhões (R$ 1,5 bilhão) na tradicional rua dos teatros e musicais em Nova York.

"Naturalmente, estamos lisonjeados por esse marco", disse em nota Thomas Schumacher, produtor e presidente do braço de produções teatrais da Disney.

"Esse feito pertence aos nossos espectadores, milhões dos quais experimentaram seu primeiro espetáculo da Broadway em 'O Rei Leão'. Certamente, apresentar tanta gente ao esplendor do teatro ao vivo é o maior legado do nosso show", afirmou.

Baseado na animação homônima da Disney de 1994, o musical acompanha a jornada do jovem leão Simba, nascido na realeza animal. Quando Simba é mandado para a floresta por um tio malvado, ele supera a adversidade com a ajuda de novos amigos, até recuperar a coroa de rei dos animais africanos.

O musical - sucesso desde a estreia, em 1997 - tem canções de Elton John com letras de Tim Rice, e direção de Julie Taymor. Ele já foi encenado em vários países, e desde 1999 está em cartaz também no West End, em Londres.

"O Fantasma da Ópera" ainda detém o título de musical com maior bilheteria mundial, acumulando US$ 5,6 bilhões (R$ 10,2 bilhões) nas suas diversas montagens, à frente dos US$ 4,8 bilhões (R$ 8,7 bilhões) de "O Rei Leão".

    Leia tudo sobre: CULTURATEATROLEAOBROADWAY

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG