Construção fica em São Cristóvão, quarta cidade mais antiga do Brasil

A praça de São Francisco, uma preservada construção barroca no município de São Cristóvão, a quarta cidade mais antiga do Brasil, foi inscrita neste domingo como novo Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Praça São Francisco, em Sergipe, é Patrimônio Cultural Mundial
Divulgação
Praça São Francisco, em Sergipe, é Patrimônio Cultural Mundial
A candidatura desta praça, que foi traçada na época em que Portugal, Espanha e suas respectivas colônias eram parte de um mesmo reino, foi aprovada neste domingo pelos membros do comitê de Patrimônio Mundial da Unesco, reunidos desde segunda-feira em Brasília para sua 34ª reunião.

Cercada pelas também históricas igreja de São Francisco, Convento de São Francisco, Capela da Ordem Terceira - atualmente sede do Museu de Arte Sacra -, Santa Casa e igreja da Misericórdia e Palácio Provincial, a praça é a única no Brasil com um traçado urbanístico de origem tipicamente da colônia espanhola.

Sua construção é do período conhecido como União Ibérica (1580-1640), quando os reinos de Portugal e Espanha tiveram como único soberano os reis Felipe II, Felipe III e Felipe IV da Casa da Áustria.

Apesar da importância histórica como quarta cidade fundada no Brasil e primeira capital do estado de Sergipe, São Cristóvão é hoje um pequeno povoado que fica a 23 quilômetros de Aracaju, capital do estado.

"A inscrição como Patrimônio da Humanidade é uma vitória do povo de Sergipe, que sempre conservou esse patrimônio", festejou hoje o ministro de Cultura do Brasil, Juca Ferreira, que é atualmente o presidente da Comissão de Patrimônio Mundial da Unesco.

A candidatura da praça foi postulada há três anos, mas o organismo multilateral, em sua reunião de 2008, pediu informações mais precisas sobre o valor histórico da praça, que foram respondidas com documentos inéditos de arquivos espanhóis.

A inscrição da praça de São Francisco como Patrimônio Cultural da Humanidade eleva para 18 o número de bens que o Brasil tem na lista do Patrimônio Mundial.

A última vez que a Unesco incluiu uma localidade do Brasil em sua lista foi em 2001, quando o centro histórico da cidade de Goiás foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade.

Na reunião em Brasília foi aprovada até agora a inclusão de 25 novos bens do Patrimônio Culturais, o que eleva para 914 o número de locais incluídos na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

Os membros do Comitê do Patrimônio Mundial ainda têm que analisar até na terça-feira outras 12 das 39 candidaturas apresentadas por 33 países.

Conheça melhor a praça de São Francisco assistindo ao vídeo abaixo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.