Pinturas roubadas de Picasso são encontradas em Belgrado

Quadros foram roubados em 2008 de exposição na Suíça; polícia sérvia ainda investiga o caso

iG São Paulo com agências |

Divulgação
"Tête de Cheval"
Dois quadros de Picasso que foram roubados de uma exposição na Suíça em 2008 foram localizados em Belgrado, informou nesta quarta-feira (26) o ministro do Interior sérvio, Ivica Dacic. As obras são "Tête de Cheval", de 1962, e "Verre et Pichet", de 1944, avaliadas em milhões de dólares.

Os dois quadros foram roubados em fevereiro de 2008 de uma exposição no centro cultural da localidade suíça de Pfaffikon, embora sejam propriedade do Museu Sprengel de Hannover, na Alemanha.

Siga o iG Cultura no Twitter

Dacic declarou que as pinturas foram localizadas pelo serviço sérvio de luta contra o crime organizado em cooperação com a polícia suíça. A Suíça solicitou à Sérvia a devolução dos quadros.

O Ministério do Interior disse que não foram feitas prisões e se negou a informar exatamente onde os quadros foram encontrados.

"Estamos tentando agora averiguar quem trouxe os quadros para a Sérvia, quando, como e onde foram escondidos", disse o diretor de polícia sérvio, Milorad Vejovic.

*com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: pablo picasso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG