Olhar cinematográfico de Andy Warhol é exposto em Nova York

"Retratos em movimento" de amigos do artista serão projetados no MoMa

EFE |

Reprodução
Imagem de Lou Reed no vídeo de Andy Warhol
O olhar cinematográfico de Andy Warhol está no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) com uma exposição focada em vídeos filmados pelo ícone da Pop Art, produzidos no início dos anos 60. A mostra, que será inaugurada no próximo domingo, expõe 12 filmes em preto e branco e em primeiro plano de celebridades como o ator Dennis Hopper e o músico Lou Reed, que encaram a objetiva e realizam ações mecanicamente.

Entre os rostos registrados destacam-se também Edie Sedgwick (1943-1971), a trágica musa do artista; o poeta da geração Beat, Allen Ginsberg (1926-1997); e a escritora e ensaísta Susan Sontag (1933-2004).

Os vídeos, que ficarão expostos até o dia 21 de março, são projetados nos muros das galerias do MoMA dando a impressão que os visitantes estão sendo vigiados pelos olhos dos retratados. Para conseguir os olhares desejados, Warhol (1928-1987) usou 500 rolos de filme com os quais gravou e captou a vulnerabilidade de seus famosos amigos tanto em sessões no "The Factory", nome de seu estúdio em Nova York, como em situações espontâneas.

Warhol começou sua produção de retratos em movimento em forma cinematográfica durante o verão de 1963, após dedicar boa parte de sua obra à reprodução em série de imagens de ícones como as atrizes Marilyn Monroe, Liz Taylor e Jacqueline Kennedy.

    Leia tudo sobre: andy warholmomaartelou reed

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG