Obras de Banksy são vendidas por quase US$ 500 mil em Londres

Trabalhos do artista anônimo passam de ícones anticapitalistas a ítens de colecionadores de arte

EFE |

Seis das obras mais icônicas do grafiteiro britânico Banksy alcançaram nesta quinta-feira um total de US$ 496.620 em um leilão dedicado à arte de rua na Bonhams de Londres.

Siga o iG Cultura no Twitter

A obra mais cotada foi "Love is in the Air", que mostra um manifestante em posição de lançar um ramo de flores no lugar de um coquetel molotov, que foi vendida por US$ 139.765.

Esta já icônica imagem do enigmático artista, cuja identidade muito poucos conhecem, tinha um preço estimado entre US$ 63 mil e US$ 95 mil.

"Leopard and Barcode", imagem de um leopardo que escapou de uma jaula representada como um código de barras, foi vendido por US$ 120.633.

Outra das peças mais famosas da coleção é o grafite "Girl and Balloon", reproduzido em milhares de estampas e souvenires londrinos, que foi adquirida por US$ 116.806.

Por sua parte "Bomb Hugger", que representa uma menina abraçando uma bomba, alcançou US$ 78.530 e "Happy Choppers", onde helicópteros militares aparecem adornados com laços, foi vendido por US$ 20.930, o dobro do preço estimado.

Leia também: Banksy reaparece?

"Nola", a imagem de uma menina se protegendo com um guarda-chuva de uma chuva ácida, criada em 2008 por Banksy, foi leiloada por US$ 19.933.

O mistério que envolve a figura de Banksy, assim como a contundente mensagem de seus grafites que se transformaram em ícones anticapitalistas, aumentaram o interesse e a cotação por suas obras que, paradoxalmente, se transformaram em peças de colecionador.

"Foi um processo natural. As pessoas viam seus grafites nas ruas e reconheciam seu senso de humor e a importante mensagem que continham. Então começaram a colecionar e leiloar porque todos queriam ter essas obras em suas casas", disse à Agência Efe Gareth Williams, responsável de arte urbana da Bonhams durante a apresentação da coleção.

Também foram leiloadas nesta quinta-feira obras de outros artistas de rua e desenhistas como o francês Blek le Rat, o britânico D-Face e o americano Shepard Fairey.

    Leia tudo sobre: banksy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG