Nova ala do Louvre terá teto em formato de véu islâmico

Batizada de Islã, inovação levou seis anos para ser construída e custou R$ 230 milhões

BBC Brasil |

selo

O museu do Louvre, em Paris, vai inaugurar no próximo verão europeu a sua maior inovação no prédio desde a construção da pirâmide de vidro gigante há 20 anos. A nova ala abrigará a coleção de arte islâmica do Louvre, que é considerada uma das melhores do tipo no mundo.

Os arquitetos se inspiraram em um lenço de seda, como referência aos véus islâmicos, para construir a ala. "Toda a estrutura parece estar flutuando em pleno ar. Não há pilares", afirma o arquiteto Mario Bellini, responsável pela obra. "O teto é suportado apenas em oito tubos muito finos, que estão apoiados e dançando juntos, e que carregam todo o peso do véu."

O custo da obra está estimado em 98 milhões de euros (cerca de R$ 230 milhões). A nova ala, batizada de Islã, levou seis anos para ser construída.

    Leia tudo sobre: louvreartesislãmuseu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG