Zola Jesus une emoções conflitantes em canções pop

Cantora norte-americana se apresenta em São Paulo nesta quinta-feira; leia entrevista e ouça músicas

Thiago Ney, iG São Paulo |

A cantora Zola Jesus criou um ambiente habitado apenas por ela. A partir das mais diversas referências, essa norte-americana de apenas 22 anos construiu um mundo fora dos padrões da música pop - e chamou a atenção até de David Lynch.

Divulgação
A cantora norte-americana Zola Jesus

Primeiro, a conexão com David Lynch. Encantado com a faixa "In Your Nature", um dos pontos altos do disco "Conatus" (2011), o diretor de "Império dos Sonhos" entrou em contato com a gravadora Sacred Bones e ofereceu-se para remixar a canção. O cineasta retirou algumas linhas de sintetizador, adicionou guitarras tocadas por ele mesmo e deu um outro sentido a "In Your Nature".

"Eu normalmente não gosto de remixes, mas claro que fiquei empolgada", disse Zola Jesus ao iG sobre a versão de Lynch, que pode ser ouvida abaixo.

"In Your Nature" provavelmente estará no show que a cantora faz no clube Clash, em São Paulo, nesta quinta-feira (dia 19). A apresentação deve receber ainda músicas de seus dois primeiros discos, "The Spoils" (2009) e "Stridulum II" (2010).

"[No show as músicas] são modificadas porque eu me apresento com uma banda. Em alguns casos, a banda é enorme, em outro, apenas uma pessoa", conta. (Em São Paulo, ela estará acompanhada do tecladista Alex DeGroot.)

Com ascendência russa, Nika Roza Danilova (o nome Zola Jesus é emprestado do escritor naturalista francês Émile Zola e de Jesus Cristo) cresceu em um vilarejo no Estado de Wisconsin em meio a animais e a uma floresta.

nullAinda criança, teve aulas de canto lírico e estudou ópera, mas trocou a música erudita pelo pop - essa mudança, segundo ela, ocorreu sem nenhum trauma: "Tanto quanto cantora de ópera, eu queria ser cantora pop. Gosto de cantar e interpretava todo tipo de canção, tanto clássicos como canções pop que ouvia no rádio".

O ambiente isolado no campo deixou pelo menos uma marca em Zola Jesus: "Me influenciou a cantar bem alto, pois eu nunca precisava ficar quieta".

Zola Jesus canta alto, e de maneira quase dramática. É um tom solene que combina com os arranjos dark desenhados por teclados e bateria e que fez a cantora ser comparada a nomes como Kate Bush e Siouxsie & the Banshees.

As músicas provocam sensações conflitantes. Vocal quase lírico sobreposto a melodias pop; clima melancólico, denso, mas esperançoso, acolhedor. "É importante estar aberto à dualidade de emoções. Como quando você ri tão forte que chega a chorar. Há um momento no qual a tristeza e a alegria se unem. Acho isso fascinante".

Zola Jesus
Dia 19/1, às 22h30
Clash (r. Barra Funda, 969, São Paulo; tel. 11-3661-1500)
Ingressos: R$ 140 (ou R$ 70 + um quilo de alimento)
Como comprar: www.divirto.com.br ; loja Chilli Beans do shopping Frei Caneca (r. Frei Caneca, 569)

    Leia tudo sobre: Zola Jesusmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG