Wyclef Jean pensa na Presidência do Haiti

Ex-integrante do Fugees não descarta concorrer ao governo do país caribenho

Reuters |

Getty Images
Wyclef Jean canta na entrega do Prêmio Nobel da Paz, no ano passado
O cantor e compositor haitiano Wyclef Jean está considerando concorrer à Presidência de seu país, que foi fortemente abalado por um terremoto, mas ainda não decidiu se participará das eleições de novembro.

Em comunicado enviado à imprensa, a família da ex-estrela do grupo musical Fugees confirmou pela primeira vez que ele estava pensando em colocar sua carreira de lado para disputar o maior cargo do Haiti.

"O compromisso de Wyclef com sua pátria e a juventude do país não tem limites, e ele continuará sendo seu maior apoiador independentemente se fizer parte do governo", disse o comunicado.

Os candidatos para as eleições presidenciais e legislativas de 28 de novembro têm até 7 de agosto para se registrar.

Os rumores sobre a possibilidade de o rapper disputar a Presidência aumentaram desde o terremoto devastador de 12 de janeiro, que matou 300 mil pessoas e deixou 1,5 milhão de sobreviventes em acampamentos improvisados.

O governo do presidente René Préval, que não pode se reeleger neste pleito, tem sido amplamente criticado pela lentidão no auxílio às vítimas do terremoto e no lançamento de uma enorme força tarefa para reconstruir o país.

    Leia tudo sobre: Wyclef JeanHaiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG