Whitney Houston desafina e decepciona em Londres

Primeiro de três shows na capital britânica foi marcado por atuação pobre da cantora e fãs até deixaram a O2 Arena

EFE |

Getty Images
Primeiro show de Whitney Houston em Londres foi descrito como "horroroso"
A cantora Whitney Houston decepcionou os fãs em seu primeiro concerto em Londres desde 1999 ao não alcançar seu "soprano" – como chama sua melhor voz – e desafinar várias vezes, o que levou milhares de admiradores a abandonar a O2 Arena.

Aos 46 anos, em baixa forma após problemas com as drogas e seu fracasso matrimonial, Whitney cantou ontem à noite só um par de versos de alguns de suas músicas e fez uma interpretação trágica do clássico "I will Always Love You", na qual não chegou às notas mais altas, informa hoje o jornal "Evening Stantard".

Getty Images
Voz ruim: culpa do "ar condicionado"
Segundo o periódico, depois de destroçar a música que a elevou ao estrelato no filme "O Guarda-costas", milhares de pessoas – que tinham pago 85 libras (98 euros ou US$ 130) para vê-la – abandonaram o local onde se realizava o concerto, parte da turnê mundial "I Look To You".

Após o incidente, a cantora, que já teve que suspender suas três primeiras entrevistas no Reino Unido por problemas de saúde, se desculpou por sua voz e atribuiu os erros ao ar condicionado.

"Minha amiga soprano não quer vir", disse, em alusão à espetacular voz que a tornou famosa nos anos 1980. "Às vezes canta, mas não esta noite. Quero cantar, mas ela não. Está se tornando um pouco... temperamental. Desliguem o ar condicionado", acrescentou, perante a estupefação do público.

De acordo com o jornal, que qualificou o show como "horroroso", a cantora tinha um aspecto inchado, deixava as notas difíceis para o coro e ficava sem fôlego entre os versos.

Houston, que volta a cantar hoje e amanhã a Londres, começou a turnê com o pé esquerdo, com críticas ruins na Austrália e uma hospitalização em Paris por problemas respiratórios. No entanto, seu último disco, que dá nome à turnê, foi um sucesso, com mais de 300 mil cópias vendidas poucas semanas depois do lançamento.

    Leia tudo sobre: Whitney Houston

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG