Wando deixa legado de celebração sem culpas da safadeza

Músicas do cantor, morto aos 66 anos nesta quarta, falam de mulheres que gostam de sexo e não têm vergonha disso

Augusto Gomes, iG São Paulo |

AE
Wando
"Moça, eu te prometo / Eu me viro do avesso / Só pra te abraçar / Moça, eu sei que já não é pura / Teu passado é tão forte / Pode até machucar".

Os versos de "Moça" , primeiro sucesso de Wando, já mostravam em 1975 muito da personalidade que o cantor e compositor, morto nesta quarta aos 66 anos , iria desenvolver nos anos seguintes.

Primeiro, a maneira despudorada de falar do amor e principalmente do sexo. Segundo, o modo de retratar o sexo feminino. As mulheres de Wando gostam, e muito, de sexo. E ele não as julga por isso.

Sim, ele sabe que a moça "já não é mais pura" e tem um "passado forte". Mas isso não impede que ele queira se "enrolar nos seus cabelos, abraçar seu corpo inteiro, morrer de amor, de amor se perder".

Veja galeria de fotos de Wando

Seu maior sucesso, "Fogo e Paixão" (1985), é uma celebração desse sexo sem culpas: "Me suja de carmim / Me põe na boca o mel / Louca de amor, me chama de céu / E quando sai de mim / Leva meu coração / Você é fogo, eu sou paixão."

Veja também: As frases de Wando

Essa maneira direta de tratar o sexo rendeu a Wando acusações de mau gosto ou breguice. Ele, a que tudo indica, não se importava. Pelo contrário: aproveitou a oportunidade para reforçar a imagem de "o cantor mais erótico do Brasil".

Veio então a tradição de receber e distribuir calcinhas em seus shows. E também os discos com títulos bem sugestivos: "Obsceno", "Tenda dos Prazeres", "Depois da Cama", "O Ponto G da História", "Picada de Amor" e por aí vai.

Veja também: Os números da carreira de Wando

As músicas? Safadíssimas. "Sinto aqui dentro um desejo louco / Que corre nas veias e queima como fogo", canta em "Ritual" (1988). Em "Eu Já Tirei a Tua Roupa" , foi ainda mais direto: "Eu te quero em minha cama / Amassando os meu lençóis / Me pedindo tanto amor / Dividindo sensações."

Sua mulher ideal? Tão safada quanto ele. "Eu te quero assim / Fazendo uma cama na nossa banheira / Fazendo por cima, de lado, ou de beira / Pedindo me espere que eu quero mais", canta na música que leva o adequado título de "Safada" .

Veja galeria de fotos de Wando

null

    Leia tudo sobre: Wandomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG