Scott Weiland pode estar feliz da vida por ter voltado ao Stone Temple Pilots, mas, ao contrário do que fez com Slash e o Velvet Revolver, não vai ter como fugir da Justiça. O vocalista foi condenado por um tribunal norte-americano a oito dias de cadeia por dirigir embriagado.

Além da prisão, a sentença também prevê multa, participação em um programa de 18 meses de ajuda a alcoólatras e um período de quatro anos de liberdade condicional.

Os advogados de Weiland contestaram a decisão e entraram com um recurso na Justiça, mas a pena começa a valer, a princípio, em 28 de maio. Como a extensa turnê do Stone Temple Pilots pela América do Norte inicia no dia 18, a agenda do grupo deve ser afetada.

Essa é a segunda condenação do músico em quatro anos. Com um longo histórico de problemas com as drogas, ele foi detido em novembro por bater o carro em Los Angeles e não passar no teste do bafômetro. Em fevereiro, Weiland passou uma pequena temporada numa clínica de reabilitação.

Compre músicas do Stone Temple Pilots.

Leia mais sobre Stone Temple Pilots .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.