Vocalista do Radiohead fala do desprezo pelos CDs

Thom Yorke acha que formato salvou a indústria fonográfica da morte há 20 anos

Redação iG Música |

O vocalista da banda Radiohead, Thom Yorke, falou à Believer Magazine sobre o seu desprezo pelos CDs e a paixão pela distribuição de música online.

"Eu e Stanley (Donwood, designer da banda) sempre detestamos CDs. Eles são um verdadeiro pesadelo", explicou o músico. "Atualmente há um processo de seleção natural ocorrendo. A indústria fonográfica estava prestes a morrer há 20 anos. Mas de repente, aleluia, o CD apareceu e segurou tudo por um tempo. Mas basicamente ela está morta."

Yorke tornou-se uma das figuras mais importantes da mudança de distribuição de música ao lançar em 2007 o álbum In Rainbows , do Radiohead, permitindo que os fãs fizessem download do material e pagassem o quanto quisessem pelo disco.

"Se você deixar de lado por um minuto a questão do dinheiro - se isso for possível, pois estamos falando do sustento das pessoas - e analisar tudo como a mais fantástica rede de distribuição já criada, tudo fica completamente diferente", encerrou.

    Leia tudo sobre: cdradioheadthom yorke

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG