Vaticano critica banda indie que destruiu Bíblia

Vocalista que rasgou e comeu páginas da Bíblia sofre provocação da Igreja Católica

Redação iG Música |

A vocalista da banda indie Salon Society, Roxanne Claxton, foi alvo de críticas do Vaticano por conta de sua participação na mostra "Made In God's Image", que ocorreu na Galeria de Arte Moderna de Glasgow, na Escócia.

Na mostra, cujo tema é sexualidade e religião, a cantora enche suas calças e sutiã com as páginas de uma Bíblia que acabara de rasgar - comendo também outras páginas do livro.

"A instalação explora o conceito de pessoas feitas a partir da imagem de Deus. E como uma mulher bissexual, eu quis celebrar tanto o aspecto masculino quanto o feminino da minha identidade - relacionados a minha fé como uma mulher cristã", explicou a artista.

Claxton deixou claro que o próximo single do Salon Society, "Preaching The Blues", que tem lançamento marcado para 1 de outubro, será uma continuação do tema que mescla fé e sexualidade.

Um dos assessores do Papa Bento XVI condenou a exibição, considerada por ele como "ofensiva e nojenta" - e ainda aproveitou para provocar: "Eles sequer pensariam em fazer isso com o Corão [o livro sagrado dos muçulmanos]".

    Leia tudo sobre: salon society

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG