Trinta anos depois, punks revivem 'Fim do Mundo' em São Paulo

Bandas se encontram no mesmo espaço em que ocorreu o primeiro festival do gênero na cidade, em 1982

iG São Paulo |

Em 27 e 28 de novembro de 1982, bandas como Inocentes, Ratos de Porão, Cólera e Olho Seco se reuniram no palco do Sesc Pompeia, em São Paulo, para o festival "O Começo do Fim do Mundo". Ali o punk ganhava o seu primeiro evento de porte no país.

Três décadas mais tarde, o mesmo Sesc volta receber alguns dos músicos do festival original, agora batizado de "O Fim do Mundo, Enfim". Além das bandas veteranas, conta com grupos que surgiram anos mais tarde, como Devotos, Os Excluídos e Flicts.

VEJA FOTOS DE BANDAS ÍCONES DO PUNK

Divulgação/Alice Vergueiro
Clemente (Inocentes) e Fábio (Olho Seco) à frente dos músicos que se apresentam no festival punk "O Fim do Mundo, Enfim"
Idealizador de "O Fim do Mundo, Enfim", o músico Clemente Nascimento, vocalista do Inocentes, disse ao iG que o festival original foi algo "definidor". "Foi o primeiro evento de música do Sesc Pompeia e também o maior festival punk da época no país, além de um dos maiores do mundo, com 20 bandas no total."

Apesar das boas lembranças do evento, como o lançamento do livro "O Que é Punk", de Antonio Bivar, Clemente não deixa de citar o envolvimento da polícia, que invadiu o espaço durante o segundo dia de shows. "Juntamos um monte de malucos na época da ditadura militar. A polícia não ia deixar um bando de jovens se juntar sem intervir. Mas no final o evento foi muito divertido."

Leia também: Redson, vocalista da banda punk Cólera, morre aos 49 anos

Questionado sobre as diferenças do punk em 1982 e em 2012, Clemente aponta a tolerância entre as tribos como uma das mais marcantes. "Hoje o punk é uma cena, não um movimento. Antes não se pensava em misturar punk e heavy metal. Hoje você faz um show e tem punks, 'headbangers' e skatistas, todos juntos. A convivência melhorou."

VEJA FOTOS DE BANDAS ÍCONES DO MOVIMENTO PUNK

"O Fim do Mundo, Enfim" começa nessa quarta (28), às 20h30, com o debate "Punk, do Começo ao Fim - 30 e Tantos Anos de Punk no Brasil". Entre os presentes na mesa estarão Clemente, o escritor Antonio Bivar e os músicos Ariel Uliana Jr. e Antonio Carlos Callegari.

Os shows acontecem nos dias 29, 30 e 31 de março, às 21h30. A apresentação originalmente marcada para 1º de abril, que contava com as bandas Cólera, Olho Seco, Agrotóxico, Restos de Nada, Condutores de Cadáver e Lixomania, foi adiada e ainda não tem data definida.

"O Fim do Mundo, Enfim"
Inocentes, Devotos e Os Excluídos - quinta, às 21h30
Garotos Podres, Attaque 77 e Flicts - sexta, às 21h30
Ratos de Porão, Invasores de Cérebros e Questions - sábado, às 21h30
Seco Pompeia - Rua Clélia, 93, São Paulo
Ingressos: de R$ 4,00 a R$ 16,00 (Choperia)
Informações: (11) 3871-7700

VEJA FOTOS DE BANDAS ÍCONES DO MOVIMENTO PUNK

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG