Tiê lança segundo disco em São Paulo

Show hoje no Auditório Ibirapuera reflete "leveza" de "A Coruja e o Coração"

Agência Estado |

Para a cantora e compositora paulistana Tiê, 31 anos, mais do que uma condição pessoal e intransferível, a maternidade é um estado de espírito. A "culpada" por esse estado que lhe toma a alma – e a música – responde pelo nome de Liz, sua filha de 1 ano.

No vídeo convite do show que Tiê faz nesta sexta-feira (08) no Auditório Ibirapuera, a garotinha risonha já mostra intimidade com o microfone e reforça o refrão "na varanda, na varanda", com seus berrinhos a plenos pulmões. A pequena sentiu-se à vontade com uma música para qual foi inspiração: "Na Varanda da Liz", composta docemente pela mãe, em parceria com Plínio Profeta e João Cavalcanti (filho de Lenine e vocalista da banda Casuarina).

Essa é a faixa que abre o repertório do segundo disco da cantora, "A Coruja e o Coração" (Warner Music), cuja audição revela o tal novo estado de espírito. Ele foi gestado depois que Liz já tinha nascido. Muito diferente de seu primeiro álbum, "Sweet Jardim", de 2009, igualmente doce, no entanto, mais introspectivo, solitário.

Naquela época, Tiê vinha de um período de três meses enfurnada em casa, aprendendo a tocar violão. Com o confinamento, vieram as composições cunhadas quase que solitariamente para o trabalho de estreia. "Mas o primeiro disco e a turnê me trouxeram mais pessoas, mais situações", diz ela. "A melancolia deu lugar à leveza. Este segundo disco é mais alegre, construído com os amigos indo em casa para jantar, enquanto a Liz estava dormindo."

nullA presença constante de pessoas queridas em sua vida fez com que "A Coruja e o Coração" se tornasse um trabalho coletivo. Nele, a compositora divide parcerias com nomes como Pedro Granato, Profeta, Thiago Pethit e Ka (Karina Zeviani). Na cozinha musical, também está bem assessorada. No palco do Auditório, ela terá a companhia de Profeta (guitarra, baixo, banjo e outros instrumentos), Naná Rizini (bateria, percussão e escaleta), Gianni Dias (baixo, guitarra e violão) e Ka (backing vocal). Enquanto isso, Tiê assumirá microfone, violão e piano.

O cantor uruguaio Jorge Drexler faz uma participação na faixa "Perto e Distante" (parceria com Pedro Granato e Profeta). Ela volta a compor em inglês em "For You and For Me" e "Hide & Seek" (com Thiago Pethit). Mas, no final das contas, "Hide & Seek" entrou no CD em versão em português. Apesar de ser um trabalho autoral, Tiê queria interpretar também outros compositores. Chegou a "Só Sei Dançar com Você", de Tulipa Ruiz, e "Mapa Mundi", de Thiago Pethit. Houve espaço até para uma versão flamenca de "Você Não Vale Nada" (Dorgival Dantas), hit do Calcinha Preta.

Serviço – Tiê de lança "A Coruja e o Coração" em São Paulo
Sexta-feira (08), às 21h
Auditório Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº (portão 2)
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)
Tel: (11) 3629-1014

    Leia tudo sobre: tiêcoruja e o coraçãoibirapueramúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG