BR Couples - Música - iG" /

The Long Blondes BR Couples

Katia Abreu |

Por Katia Abreu

Até quando os anos 80 vão ser matéria prima para o tal do novo rock? Os sintetizadores, as guitarras esganiçadas, a batida que quer convidar a dança, mas acaba criando ambientes cíclicos, tensos... Couples , segundo álbum do The Long Blondes, passeia exatamente por essas praias e se enfileira como mais um disco de banda nova tentando revitalizar o velho pós-punk e a new wave.

Apesar das boas referências sonoras ¿ bebe muito em Siouxsie And The Banshes e Blondie ¿ e da bela voz de Kate Jackson, o grupo britânico não traz nada de novo. Pode animar festinhas com a dançante Guilt ou embalar uma tarde solitária com a climática Nostalgia, mas não passa disso. A maioria das músicas não fica nem lá nem cá. Erin OConnor ameaça dar um passo além nos riffs de guitarra enfadonhos, com barulhinhos preenchendo as brechas deixadas na canção, mas não é nada demais.

The Long Blondes não faz nada que Franz Ferdinanz, pra citar apenas o exemplo mais bem sucedido desse eterno retorno aos anos 80, já não tenha feito muito melhor. É um disco bem produzido (louve-se o trabalho de Eron Alkan), mas as composições são fracas e faixas bonitinhas, como The Couples, não sobrevivem a audições repetidas. Até quando a nova geração de roqueiros ingleses vai se preocupar mais com o glamour ou com as listas de artistas mais cool do ano do que com música?

    Leia tudo sobre: long blondes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG