Stereophonics reúne bom público em São Paulo

Mesmo tocando na mesma semana que McCartney, Reed e Pumpkins, grupo galês consegue atrair plateia

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Numa semana em que nomes como Paul McCartney, Lou Reed e Smashing Pumpkins se apresentam no Brasil, era de se esperar que não houvesse público para o Stereophonics. Afinal, a banda galesa, mesmo em seu auge, sempre esteve numa espécie de segundo escalão do brit pop, à sombra de nomes como o Oasis. O grupo, no entanto, provou que tem muitos fãs no Brasil e quase conseguiu lotar o Citibank Hall, casa de shows na Zona Sul de São Paulo, em plena quinta-feira.

Logo na primeira música, "The Bartender and the Thief", o vocalista Kelly Jones deu o tom da apresentação: mais peso e velocidade que nos discos, e poucas palavras com a plateia. Nada muito memorável, mas ainda assim divertido. Para prender o público, o grupo apostou somente na música. E conseguiu: em canções como "Have a Nice Day" e "Dakota", a última da noite, a banda teve uma recepção digna de McCartney, Reed e Corgan.

    Leia tudo sobre: Stereophonics

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG