Sony pede desculpas por grupo japonês com uniforme nazista

Banda Kishidan se apresentou na MTV com roupas que lembram as da SS

AFP |

AFP
A banda Kishidan, em foto de 2004
A Sony Music apresentou um pedido de desculpas nesta quarta-feira, 2, depois que a banda japonesa Kishidan se apresentou com uniformes nazistas em um programa do canal MTV, o que provocou a revolta de uma associação judaica americana.

O Centro Simon Wiesenthal, com sede em Los Angeles, expressou "surpresa e consternação" ao ver os seis membros do grupo vestidos com uniformes parecidos aos das SS, com insígnias nazistas.

"Lamentamos sinceramente e apresentamos nossas desculpas pelo sofrimento causado ao Centro Simon Wiesenthal e a todos os que se sentem afetados", afirma um comunicado da Sony Music. "Os membros do Kishidan também expressam profundo pesar e apresentam um pedido de desculpas", afirma o comunicado assinado pelo presidente da empresa, Kimikazu Harada, e pelo diretor geral, Akira Takahashi.

A Sony afirma que a participação do grupo com os uniformes em um programa da MTV no dia 23 de fevereiro "não pretendia enviar nenhuma mensagem ideológico". Também promete que o Kishidan nunca mais usará o traje.

    Leia tudo sobre: NazismoKishidanMTV

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG