"Somos como o punk deve ser", diz vocalista do X

Banda californiana faz shows de abertura da turnê do Pearl Jam no Brasil

AE |

Divulgação
John Doe, líder do X
Formada 13 anos antes do Pearl Jam surgir, a banda californiana X, fará o show de abertura no Morumbi. Entre idas e vindas, o grupo acumula 34 anos de estrada mas nunca atingiu o grande público.

Mas segundo o baixista e líder da banda, John Doe, esse nunca foi o objetivo. "Somos como o punk deve ser. Algo pequeno, intimista, para jovens que vão a pequenos clubes, e que gostam desse clima meio perigoso e nebuloso do underground", define.

Afinal, os veteranos se orgulham de abrir o show do Pearl Jam ? "Estão orgulhosos da nossa presença", diz John Doe, sem falsa modéstia, em relação ao grupo de Eddie Vedder. "E também estamos gratos por tocar antes deles".

Mas John Doe é todo elogios ao vocalista da grande atração da noite. "Vedder está descobrindo novas maneiras de se expressar em carreira solo. Mas o lugar dele é no Pearl Jam, onde tudo começou."

Apesar de ter lançado um disco recentemente, ("Live in Los Angeles", de 2005), o X só tocará músicas dos quatro primeiros álbuns, lançados na década de 80, na apresentação de 45 minutos.

"Esses discos representam nossa inspiração inicial". Esta será a primeira vez que tocam no Brasil. "Não falamos português, mas todos entendem a língua da música", finaliza Doe.

    Leia tudo sobre: Pearl JamXShowsJohn Doe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG