Site reúne trindade da música instrumental

Bandas Triálogo, Nenê Trio e Regra de Três estarão juntas na internet

Agência Estado |

A música instrumental brasileira ganhará um novo reforço no mundo digital até julho, quando deve ser lançado o site "Trios Brasileiros", reunindo três trios que carregam os ritmos do País para além das fronteiras regionais: são as bandas Triálogo, Nenê Trio e Regra de Três. Há três semanas, o projeto ganhou novo impulso ao ser selecionado em um programa de incentivo à cultura da Petrobras, que investirá R$ 50 mil em sua execução.

"A ideia é fazer um site com muita interatividade, gravar e oferecer quatro obras inéditas de cada grupo para download. A princípio, a ideia era fazer isso em um show apenas. Mas vamos estudar para conseguir fazer um show de cada artista para gravar essas músicas", diz o produtor-executivo do projeto, Fernando Grecco, cujo selo Borandá lançou Outono , o último disco da banda Nenê Trio.

Segundo Grecco, haverá também divulgação de imagens dos shows e promoções pós-produção, para ampliar as fronteiras da música instrumental do País, apostando no site como uma forma de cativar público também no exterior. A produtora do Triálogo e do Regra de Três, Rita Menezes, que também participa do projeto com Grecco, lembra que os músicos de jazz no Brasil enfrentam as mesmas dificuldades que os músicos de outros países para difundir sua arte.

"Mas a música brasileira é muito bem recebida fora do País. E, com ajuda do site, a música pode chegar a ouvidos estrangeiros, e temos oportunidade de participar de festivais fora do Brasil, em teatros e em jazz clubs. Qualidade e talento nós temos."

E os nove músicos desses grupos conferem ao espírito da música brasileira a transcendência de sua "trindade". O próprio Triálogo, aliás, trata de capturar essa essência desde a criação do grupo, em 2001, ao fundir a ideia do trio ao diálogo que há na música, onde cada instrumento pergunta e responde a todo momento.

Com músicas da compositora, pianista e flautista Débora Gurgel, o disco Triálogo , de 2002, foi gravado ao vivo na casa da artista, ganhando na hora as influências de Pércio Sápia, na bateria, e de Itamar Collaço, no contrabaixo. Eles, por exemplo, transformaram o que a princípio era um "baião" em um "baião fusion" na música "Trilhos de Itatinga". Um pouco de cada música pode ser ouvido na Internet .

O baterista Nenê, do Nenê Trio, já está em seu 11º trabalho, trazendo na bagagem a experiência de ter tocado com Egberto Gismonte, Hermeto Paschoal, Elis Regina e Milton Nascimento. Outono traz músicas inéditas compostas pelo baterista de Porto Alegre, em sintonia com as improvisações do pianista Irio Jr. e do contrabaixista Alberto Lucas (acesse o site da banda ).

O Regra de Três tem Sizão Machado no contrabaixo, músico que também já tocou com a Elis, com o Milton, Chico Buarque e com Jim Hall e Chat Baker, só para lembrar. Com Lupa Santiago na guitarra e Bob Wyatt na bateria, também dois grandes nomes da música instrumental, eles entram em sintonia com os ritmos nacionais com o espírito da música experimental.

    Leia tudo sobre: nenê trioregra de trêstriálogo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG