Single "Please, Please Me" autografado pelos Beatles vai a leilão

Organizadores esperam arrecadar até R$ 21,1 mil com item, considerado muito raro

EFE |

Um exemplar do single "Please, Please Me", dos Beatles, autografado em ambos os lados por todos os componentes da banda, poderá alcançar milhares de dólares quando for leiloado neste final de semana em Liverpool.

O leilão, realizado anualmente no Paul McCartney Auditorium, inclui 322 itens, entre os quais estão objetos que pertenceram a John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, além do empresário da banda, Brian Epstein.

Siga o iG Cultura no Twitter

O single de "Please, Please Me" deve atingir entre US$ 11,5 mil e US$ 13,2 mil (de R$ 18,4 mil a R$ 21,1 mil), estimam os organizadores. O item é descrito como "muito raro" por Stephen Bailey, o gerente da loja dos Beatles em Liverpool.

O leilão também procura comprador para três fotografias raras da banda, que permaneceram esquecidas durante 48 anos, tiradas no Newcastle City Hall e no Sunderland Empire quando o fenômeno da beatlemania começava a se espalhar pelo planeta, em novembro de 1963. Os compradores encontrarão ainda um boné que pertenceu a John Lennon, com um preço estimado em US$ 6,5 mil (R$ 10,4 mil).

O leilão também terá objetos incomuns como uma ordem de compra, que data de 17 de novembro de 1970, do famoso Cavern Club, onde os Beatles fizeram show no início dos anos 1960, que poderia ser vendido por US$ 9 mil (R$ 14,43 mil), além de um pedaço de palco com valor estimado entre USS 2,6 mil e 2,9 mil (de R$ 4,1 mil a R$ 4,6 mil).

Stephen Bailey disse nesta terça-feira (23) à imprensa britânica que há muita expectativa pelo leilão. "Temos vários singles autografados que sempre atraem muitos fãs e colecionadores, mas em geral são os artigos mais incomuns os que chamam atenção dos compradores", comentou.

    Leia tudo sobre: beatlesleilão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG