Show de Madonna no intervalo do Superbowl causa polêmica nos EUA

M.I.A., uma das convidadas da apresentação, falou palavrão e mostrou dedo do meio para a câmera

iG São Paulo |

Getty Images
M.I.A. faz gesto obsceno no show do intervalo do Superbowl
A performance de Madonna no intervalo do Superbowl, a final do campeonato de futebol americano, foi uma superprodução com dezenas de dançarinos e repleta de convidados especiais.

Mas o show está dando o que falar nos Estados Unidos por causa de outro motivo: a cantora M.I.A., que participou de uma das músicas da apresentação, "Give Me All Your Luvin".

Veja fotos da apresentação de Madonna no Superbowl

No final da canção, M.I.A. levantou o dedo do meio para uma das câmeras. E, logo depois, berrou a palavra "shit" (em português, "merda") no microfone. O palavrão foi cortado pela metade na transmissão pela TV, mas o dedo do meio foi captado pelas câmeras.

Foi o suficiente para a NFL, a liga responsável pelo campeonato de futebol americano, divulgar um comunicado de desculpas. "O gesto obsceno na performance foi totalmente inapropriado e nós pedimos desculpas aos espectadores", informa o texto.

Assista abaixo ao trecho do show em que M.I.A. faz um gesto obsceno para a câmera:

null

O show de Madonna teve quatro músicas. Vestida com adereços egípcios, com enfeite para a cabeça e botas pretas com tachas, a estrela do pop lançou o seu hit "Vogue", com muitas luzes, efeitos visuais e a contribuição da trupe canadense Cirque du Soleil.

Depois, interpretou "Music", com direito a participação especial da dupla LMFAO (do hit "Party Rock Anthem"). Em seguida, foi a vez de Nicki Minaj e da polêmica M.I.A. cantarem "Give Me All Your Luvin" junto com Madonna.

Getty Images
Madonna
Após uma pequena combinação de "Open Your Heart" e "Express Yourself", Madonna fechou sua apresentação vestida com uma toga preta, ao estilo gospel, cantando "Like a Prayer" com Cee Lo Green, antes de desaparecer no meio da fumaça.

Ela foi a primeira mulher a se apresentar no intervalo do Super Bowl desde a notória apresentação de Janet Jackson, em 2004, quando ocorreu um "problema com o figurino" que a deixou com o seio a mostra.

No ano passado, o Super Bowl atraiu 111 milhões de telespectadores nos EUA, a maior audiência para uma única transmissão de TV no país.

O show do intervalo tem recebido grandes apresentações de astros do pop, uma grande diferença do primeiro Super Bowl, em 1967, quando bandas de escolas animaram a plateia.

Paul McCartney, os Rolling Stones, U2, Prince, Bruce Springsteen, The Black Eyed Peas e Janet Jackson foram algumas das apresentações recentes.

    Leia tudo sobre: MadonnaM.I.A.música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG