Sex Pistols lançará nova versão de "Never Mind The Bollocks"

Primeiro e único álbum da banda inglesa foi responsável pela popularização do punk e completa 35 anos em 2012

EFE |

Getty Images
O irônico Johnny Rotten: "Se a música é a imitação da natureza, os Sex Pistols são a natureza"
A lendária banda britânica Sex Pistols lançará neste ano uma nova versão do clássico "Never Mind The Bollocks", álbum que revolucionou o mundo da música há 35 anos, levando o punk às primeiras posições nas paradas de sucesso.

Siga o iG Cultura no Twitter

Para celebrar este aniversário, a gravadora Universal anunciou nesta segunda-feira que assinou um novo contrato com o grupo para produzir uma edição expandida do mítico "Never Mind The Bollocks, Here's The Sex Pistols", o primeiro e único álbum da banda, além de um dos mais influentes de todos os tempos.

Em comunicado, a gravadora declarou que está ansiosa em trabalhar com a banda para "celebrar seu impacto sobre a cultura em nível mundial".

"O sonho de qualquer amante da música é ter a oportunidade de reavaliar as músicas do Sex Pistols", disse Karen Simmons, diretor da Universal.

Johnny Rotten, um dos fundadores da banda britânica, afirmou que não se surpreendeu com essa decisão da gravadora.

Ouça músicas e veja letras dos Sex Pistols no Vagalume

"Os Sex Pistols são os melhores. A (gravadora) Universal tem agora uma sala de troféus. Se a música é a imitação da natureza, os Sex Pistols são a natureza, então, por favor, nos dê generosidade. Obrigado", declarou ironicamente o artista à revista musical britânica "NME".

Apesar de ter sido formada em 1975, a banda punk só lançou o álbum em 1977 e, pouco tempo depois, já ocupava o topo das paradas britânicas com suas letras furiosas, como "Anarchy in the UK" e "God Save The Queen". Na ocasião, o disco "Never Mind The Bollocks" era o número um em vendas no Reino Unido.

Apesar do sucesso, um ano após o lançamento do clássico disco, Rotten deixava o grupo devido aos problemas de relacionamento e anunciava seu previsível término. Em 1979, o baixista Sid Vicious - considerado um dos ícones da cultura punk - morreu de overdose e selou o fim definitivo do grupo.

Em 1996, a banda voltou a se reunir para a realização de uma turnê e, desde então, já apresentou uma série de shows.

No início de 2011, Johnny Rotten chegou a afirmar que começaria a escrever novas músicas para a elaboração de um disco inédito, mas, até o momento, nada foi apresentado. Atualmente, a banda conta com Johnny Rotten, Steve Jones, Paul Cook e Glen Matlock, a mesma formação desde 1996.

    Leia tudo sobre: sex pistolspunknever mind the bullocks

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG