Scott Weiland confirma saída do Velvet Revolver e provoca Slash

Redação iG Música |

No início da tarde desta quarta-feira, Weiland manifestou-se em uma mensagem encaminhada à MTV norte americana a respeito de seu afastamento do Velvet Revolver anunciado pela banda no fim da tarde de ontem . No texto, repleto de ironia e alfinetadas dirigidas ao guitarrista Slash, ele confirma a sua saída do grupo e afirma que a verdade está sendo encoberta pelos ex-companheiros.

"Eu acho engraçado que aqueles que alegam ser os membros fundadores do Velvet Revolver, mais conhecido como 'o Projeto' antes que eu oficialmente desse nome à banda, tenham resolvido seguir sem mim após eu ter declarado que a banda estava morta dia 20 de março em Glasgow", diz.

"Em resposta aos comentários do Slash sobre meu comprometimento, eu tenho que dizer que é uma desculpa esfarrapada para encobrir a verdade. A verdade é que o grupo não vinha se entendendo em diversos aspectos há algum tempo. Em relação à música, houve momentos de alegria, inspiração, diversão... às vezes. Mas não vamos nos esquecer das várias viagens a reabilitação empreendidas por cada membro da banda (com exceção de um integrante - não preciso dizer seu nome)".

"Pessoalmente, eu escolho olhar para frente e me unir a um grupo de amigos que eu conheço a minha vida inteira, pessoas que sempre me apoiaram", segue Weiland, referindo-se à turnê de reunião do Stone Temple Pilots programada para os próximos meses. Ele declara que deseja sorte ao Velvet Revolver, mas avisa aos fãs para tomarem cuidado com truques. E, para terminar, provoca a banda em sua provável procura por um novo vocalista: "Boa sorte, caras - eu acho que Sebastian Bach seria uma escolha fantástica".

Compra músicas do Velvet Revolver.

Leia mais sobre Velvet Revolver .

    Leia tudo sobre: velvet revolver

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG