Ruínas abrigam show do Deep Purple no Líbano

Banda foi a principal atração de festival libanês em Baalbeck

EFE |

A banda britânica de rock Deep Purple empolgou o público que compareceu ao show realizado neste sábado entre as ruínas romanas de Baalbeck e junto a uma exposição que mostra as "façanhas" do Hisbolá.

No marco do Festival Internacional de Baalbeck, o grupo, formado no final dos anos 60, fez uma apresentação de mais de uma hora e meia sem intervalo e causou delírio entre os espectadores, a maioria jovens e adolescentes.

EFE

Grupo britânico tocou diante de multidão no festival erguido em meio a ruínas romanas

A cidade de Baalbeck, erguida originalmente pelos fenícios em honra do deus da chuva e da fecundidade, foi um dos principais assentamentos romanos na região e atualmente é um dos conjuntos monumentais mais bem conservados do mundo.

No verão (hemisfério norte) libanês o festival faz sucesso. Esta edição inclui uma exposição das imagens sobre as atuações da resistência islâmica, o braço armado do Hisbolá, o grupo xiita libanês, sobretudo durante o conflito com Israel em 2006.

    Leia tudo sobre: deep purple

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG