Roberto Carlos faz show cheio de surpresas em Jerusalém

Apresentação teve músicas em várias línguas e um beijo na apresentadora Gloria Maria

Augusto Gomes, enviado especial a Jerusalém |

Uma das críticas mais frequentes aos shows de Roberto Carlos é que eles são iguais há décadas. Pois a apresentação que o cantor fez nesta quarta-feira em Jerusalém, pelo contrário, foi cheia de surpresas. Roberto, por exemplo, cantou em hebraico. Interpretou "Ave Maria", composição erudita de Franz Schubert. Soltou a voz em "Aquarela do Brasil". E, como se não bastasse, até deu um beijo na apresentadora Gloria Maria, mestre de cerimônias da noite.

Roberto abriu a apresentação como sempre abre suas apresentações, cantando "Emoções". Se o início não teve nenhuma surpresa, o desenrolar da noite foi cheio delas. A primeira, uma versão de "Detalhes" cantada em português, espanhol, italiano e inglês. Antes, Roberto já havia ameaçado interpretar "Como Vai Você" em espanhol, mas desistiu após alguns versos e terminou a música em português mesmo.

O espanhol ainda voltou a aparecer numa versão de "Mulher Pequena" cheia de influências caribenhas. Já o italiano surgiu de novo em "Caruso (Te Voglio Bene Assai)", canção de Lucio Dalla que Roberto disse que ia cantar "do seu jeitinho". Em inglês, ele cantou "Unforgettable", música famosa na voz de Nat King Cole. No meio da música, chamou Gloria Maria ao palco. Os dois dançaram de rosto colado e, no final, Roberto deu um beijo nela. Na bochecha.

Mas o ponto alto do Roberto Carlos poliglota foi em "Jerusalém de Ouro", interpretada quase no final do show. A canção foi composta por Naomi Shemer em 1967 e tornou-se um símbolo da cidade, em parte por ter sido lançada na época da Guerra dos Seis Dias. Uma semana antes do show, Roberto ainda estava em dúvida se cantaria a música em hebraico ou não. No final, ficou no meio termo: começou em português, terminou em hebraico.

Siga o iG Cultura no Twitter

A julgar pela reação da parcela israelense da plateia, sua interpretação foi um sucesso. Já no início da música, ainda enquanto Roberto cantava em português, era possível ouvir um coro vindo do fundo do auditório e acompanhando os versos em hebraico. Quando Roberto começou cantou as primeiras palavras na língua de Israel, e um outro coro - este, em cima do palco - o acompanhou, até os brasileiros se emocionaram.

O restante da apresentação não foi tão surpreendente, mas nem por isso menos emocionante. "Outra Vez" e "O Portão" chegaram a arrancar lágrimas da plateia, enquanto o medley de "Olha", "Proposta", "Falando Sério" e "Desabafo" reuniu algumas das melhores canções sexuais do Rei. E, como o show acontecia na Terra Santa, não faltaram também as músicas de cunho religioso, como "A Montanha" e, para fechar a noite, "Jesus Cristo".

A apresentação em Jerusalém vai virar um especial da TV Globo, que será exibido neste sábado (10), logo após a novela "Fina Estampa".

Veja abaixo o repertório completo do show:

01. "Emoções"
02. "Além do Horizonte"
03. "Como Vai Você"
04. "Como É Grande o Meu Amor por Você"
05. "Detalhes"
06. "Outra Vez"
07. "Eu Sei que Vou te Amar"
08. "Mulher Pequena"
09. "Pensamentos"
10. "Ave Maria"
11. "Lady Laura"
12. "Olha"
13. "Proposta"
14. "Falando Sério"
15. "Desabafo"
16. "Unforgettable"
17. "Eu Quero Apenas"
18. "O Portão"
19. "Eu Te Amo, Eu Te Amo, Eu Te Amo"
20. "Caruso (Te Voglio Bene Assai)"
21. "A Montanha"
22. "Aquarela do Brasil"
23. "Jerusalém de Ouro"
24. "É Preciso Saber Viver"
25. "Jesus Cristo"

* O repórter viajou a convite da organização do show

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG