Ritchie lança CD e DVD com velhas e novas canções

Demos uma sonoridade contemporânea para cada música, diz cantor

Agência Estado |

"Um abajur cor de carne, um lençol azul, cortinas de seda, o seu corpo nu". Quem namorou ao som das FMs nos anos 80 certamente teve os versos da música "Menina Veneno", de Ritchie, como combustível de suas paixões.

O inglês abria, assim, um capítulo dos mais bem-sucedidos na música brasileira. Com seu álbum Voo de Coração , de 1983, Ritchie colocou no primeiro lugar das paradas, além de "Menina Veneno", canções como "A Vida Tem Dessas Coisas", "Casanova", "Pelo Interfone" e a faixa-título.

Um milhão de cópias vendidas e 26 anos depois, o cantor volta ao ponto de partida. Com o sotaque ainda carregado, o músico de 57 anos acaba de lançar um CD e DVD nos quais registra seus sucessos e salpica duas novas canções, entre elas "Outra Vez".

"Lancei pela minha gravadora, foi uma experiência muito trabalhosa. E não ficou com cara de velho porque demos uma sonoridade contemporânea para cada música", justifica Ritchie, nascido Richard David Court. "Tenho um trabalho de inéditas preparado, um álbum acústico. Mas como este era o meu primeiro DVD ao vivo decidi usar os meus sucessos."

No ano passado o cantor lançou a edição comemorativa de 25 anos de Voo de Coração . "Foi uma luta, pois as fitas originais estavam em um estúdio da Sony que sofreu uma enchente no final dos anos 80. Tivemos que restaurar fitas, fotos originais e tudo mais. A edição acabou ficando muito bonita."

O cantor espera que com o reconhecimento do seu novo CD/DVD, possa sair na estrada e gravar um disco de inéditas em 2010. "Quero falar a minha verdade para a maior quantidade de pessoas que conseguir." As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: ritchie

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG