Ringo Starr pede desculpas ao povo de Liverpool

Músico afirmou em 2008 que não sentia falta de sua cidade natal na Inglaterra

BBC Brasil |

selo

Getty Images
"É uma tolice que alguém tenha se ofendido" afirmou Ringo Starr sobre o seu comentário
O ex-beatle Ringo Starr pediu desculpas por ter afirmado em 2008 que não sente falta de nada a respeito de sua cidade natal, Liverpool. "Peço desculpas àquelas pessoas (que foram ofendidas), desde que elas vivam em Liverpool, e não fora (da cidade)", disse Ringo em uma entrevista à BBC. "Nenhum verdadeiro morador de Liverpool se sentiu ofendido, apenas, eu acho, as pessoas de fora", afirmou o baterista dos Beatles.

Ringo, que tem casas em Los Angeles (EUA), na Grã-Bretanha e em Mônaco, está iniciando uma turnê pelo Reino Unido, e incluiu no roteiro um show em um teatro de Liverpool. O ex-integrante dos Beatles disse que a cidade onde nasceu ainda é muito importante para ele. "Eu fui criado lá, fui à escola lá, toda minha infância, minha juventude, passei lá", afirmou ele. "É uma tolice que alguém tenha se ofendido."

Pergunta e risos

O comentário polêmico de Ringo foi feito em 2008, em um programa de entrevistas da BBC, depois que o ex-beatle se apresentou na abertura das comemorações que marcaram o ano em que Liverpool foi escolhida a Capital Europeia da Cultura. Ao ser perguntado pelo apresentador sobre o que ele sentia falta de Liverpool, Ringo riu. O apresentador insistiu e perguntou se havia alguma coisa que ele sentia falta, e ele respondeu: "Ah, não...". Em seguida, Ringo disse que adorava a cidade, pois foi onde ele cresceu e onde sua família estava.

O comentário foi mal recebido no condado metropolitano de Merseyside (onde fica Liverpool), no noroeste da Inglaterra. Uma estátua do baterista em uma estação de trem de Liverpool foi decapitada três meses depois, enquanto as esculturas dos outros três integrantes dos Beatles (Paul McCartney, John Lennon e George Harrison), que ficam junto à de Ringo, ficaram intocadas.

Risco de demolição

Em sua entrevista mais recente à BBC, Ringo também falou de sua antiga casa em Liverpool, que está sob ameaça de demolição como parte de planos de recuperação da área onde ela fica. Há uma campanha para preservar a casa do ex-beatle. "No fundo, acho que deveria (a casa) deveria ficar (no bairro)", disse.

"Por causa do impacto que os Beatles tiveram em Liverpool, as pessoas vão ver, e elas devem ir ver, de onde nós viemos. A única coisa que quero, se eles querem salvar minha casa na rua Madryn, é que fique onde está, pois há um boato de que eles iriam derrubar e depois remontar em outro local, o que eu acho que não significa nada", afirmou.

    Leia tudo sobre: celebridade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG