Cantora não acredita que impedir ex-namorado de se aproximar dela é necessário

Os advogados da cantora Rihanna vão pedir hoje para que a justiça norte-americana cancele a ordem cautelar de afastamento submetida a Chris Brown, o que proíbe o músico de se aproximar da ex-namorada a uma distância menor que 50 metros.

"Se questionados, diremos ao juiz que uma ordem nível um é o suficiente: Que Brown não importune, moleste ou perturbe Rihanna", explicou o advogado da cantora, Donald Etra. "Nenhuma ordem cautelar de afastamento foi pedida por Rihanna. E ela sequer acredita que isso seja necessário."

Brown, que havia sido condenado a 180 dias de trabalho comunitário e cinco anos de liberdade condicional , deve voltar hoje ao tribunal de Los Angeles para encarar sua sentença.

Rihanna não deverá comparecer desta vez .

    Leia tudo sobre: rihanna
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.