Resultado da autópsia de Whitney Houston é retido por segurança

Conclusão sobre os exames será mantida em sigilo devido a grande repercussão do caso

iG São Paulo com agências |

O resultado da autópsia da cantora Whitney Houston foi "retido por segurança", informou o gabinete forense do condado de Los Angeles, segundo o qual não há sinais de violência na morte. Conforme os legistas, a causa da morte não será determinada até que mais testes de laboratório sejam realizados.

Siga o iG Cultura no Twitter

Houston, uma grande estrela pop graças a sucesso como "I Will Always Love You", mas que viu a carreira desabar pelo abuso das drogas, foi encontrada morta no sábado aos 48 anos dentro da banheira de um quarto do hotel Beverly Hilton.

Ouça dez dos maiores sucessos de Whitney Houston

Ao ser questionado sobre as informações de que vários medicamentos prescritos com receitas teriam sido encontrados no quarto de Houston, Ed Winter, assistente do serviço forense de Los Angeles, não fez revelações.

"Não vou comentar sobre nenhum dos medicamentos obtidos. Como disse, foi retido por segurança", afirmou.

A medida de retenção por segurança é utilizada em casos de grande repercussão, como na morte de Michael Jackson ou da atriz Brittany Murphy, para impedir que mais detalhes sejam divulgados.

Veja letras de Whitney Houston

Winter destacou que exames toxicológicos, necessários para determinar que influência, se houve alguma, que drogas ou álcool poderiam ter tido na morte, podem demorar de seis a oito semanas para serem concluídos.

Ao ser questionado sobre uma eventual investigação de suicídio, afirmou que todos os aspectos do caso estão sendo examinados.

* com AFP e Reuters

    Leia tudo sobre: músicawhitney houstonautópsia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG