Relespública lança CD em noite de gala

Banda divulga Efeito Moral no Teatro Guaíra, em Curitiba

Tiago Agostini |

Acordo Ortográfico

O Teatro Guaíra é o maior e mais importante de Curitiba, palco dos grandes espetáculos da cidade. Bandas de rock locais e independentes não costumam ser uma atração muito constante. Na verdade, o show da Relespública no fim de novembro foi o segundo de um grupo nessas condições no famoso palco. Lançando seu quinto CD, Efeito Moral , eles lotaram quase que por completo os 2173 lugares do Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto. A apresentação deve abrir porta: a direção do Teatro se comprometeu a abrir mais espaço para as bandas locais e até sediar um possível festival independente em 2009.

Uma pena que o som levemente mal equalizado tenha contribuído para esfriar a festa. Mesmo assim, as músicas novas soaram melhores e mais pungentes ao vivo do que no disco. O público só levantou, a pedido do vocalista Fábio Elias, após o set acústico no meio do show. Talvez intimidados pela sisudez do auditório, porém, a resposta do público às músicas se limitava a basicamente cantar junto ¿ todas as músicas, diga-se de passagem. As antigas e clássicos curitibanos, como Nunca Mais, Garoa e Solidão e Essa Canção foram os pontos altos.

Mas houve momentos de pura vergonha alheia. Durante a execução do primeiro single do novo disco, Homem-Bomba, as cortinas do palco se abriram e um cenário de destruição, cheio de aviões caindo e manequins parados foi revelado. E eis que um dos manequins começa a se mover, com um capacete em forma de bomba (com direito a pavio aceso e tudo), camisa e colete brancos e calça social preta. Correndo pelo palco fingindo que ia atacar os músicos, foi engraçado ver a interação dele, principalmente quando acendeu seu pavio e ficou parecendo uma vela de bolo de aniversário.

O fato curioso foi a não presença de muitos mods na platéia ¿ Curitiba é conhecida como uma das principais cidades do gênero. Ou eles realmente não foram ou deixaram os terninhos retrôs em casa. O balanço final é que foi um show sério demais, apesar da empolgação da Reles. Mesmo sendo um momento histórico tocar em um importante teatro, talvez o rock enérgico da banda tenha como seu melhor palco mesmo um bar pequeno e escuro.

Leia mais sobre Relespública

    Leia tudo sobre: relespublica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG