Relatório final revela detalhes sobre a morte de Whitney Houston

Cantora foi encontrada dentro de banheiro com o rosto virado para baixo, informa documento divulgado nesta quarta

iG São Paulo |

Getty Images
Whitney Houston
O relatório final sobre a morte de Whitney Houston, divulgado nesta quarta-feira, revela que a cantora foi encontrada por uma assistente dentro de uma banheira cheia d'água, com o rosto virado para baixo.

Também foi encontrada uma colher com uma "substância branca" não identificada no quarto do hotel em que a cantora morreu, em Los Angeles. Exames comprovaram que havia resíduos de cocaína no corpo da artista.

Há duas semanas, um relatório preliminar já havia sido divulgado , indicado que a causa da morte de Whitney havia sido um afogamento acidental, que pode ter sido causado por um problema cardíaco e pelo uso de cocaína.

Whitney Houston, 48, foi achada morta num quarto de hotel de Berverly Hills em 11 de fevereiro. Ela estava em uma banheira, debaixo d'água.

Ela foi enterrada em 19 de fevereiro, no cemitério Fairview , em Westfield, em Nova Jersey. O enterro foi presenciado apenas por familiares e teve forte proteção policial.

No auge da carreira, a cantora foi considerada um dos maiores ícones da música pop. Do meio dos anos 1980 ao fim dos anos 1990, Whitney foi uma das artistas com mais discos vendidos. Seu sucesso a levou atuar no cinema em filmes de sucesso como "O Guarda-Costas", com Kevin Costner, e "Falando de Amor".

    Leia tudo sobre: Whitney Houston

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG