Rapper Speed é encontrado morto em favela

Músico tinha 37 anos e chegou a gravar com com Fernanda Abreu e Marcelo D2

iG Rio de Janeiro |

A polícia investiga a morte de Cláudio Márcio de Souza, o rapper Speed, encontrado morto em Niterói na madrugada da última sexta-feira. O músico, que fez sucesso na Europa nos últimos anos com o ex-Planet Hemp Black Alien e gravou faixas com Fernanda Abreu e Marcelo D2, foi vítima de disparos no pescoço, no peito e no pescoço.

De acordo com ocorrência registrada na 26ª Delegacia Civil, o corpo do rapper Speed foi encontrado em uma vala na rua Capitão Evangelista, na favela do Sabão, no bairro de São Lourenço.

Ao lado dele estava o corpo de outro homem, não identificado, branco e com idade estimada em 30 anos pela polícia. Speed morreu com 38 anos, segundo a polícia.  Os corpos estavam a 500 metros de distância um do outro.

A favela do sabão é dominada por traficantes. Segundo o jornal local O Fluminense, a polícia  avalia que os dois não foram mortos no local. Policiais foram à favela na sexta-feira para apurar o caso.

O enterro deve acontecer nesta tarde em Niterói.

    Leia tudo sobre: rapper speedspeedspeedfreaks

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG