Tamanho do texto

Acabou na tarde desta sexta-feira o julgamento do rapper R. Kelly. Acusado de pornografia infantil por supostamente aparecer em um vídeo fazendo sexo com uma garota de 13 anos, o rapper foi considerado inocente por um júri popular.

Segundo a CNN, o rapper teria tocado seu rosto com um lenço e abraçado seus quatro advogados quando a sentença foi anunciada. Ele poderia ter enfrentado até 15 anos de prisão se tivesse sido condenado.

O processo foi aberto há seis anos e o julgamento começou no início de maio. A defesa fez de tudo para provar que o homem no vídeo não seria R. Kelly, contando inclusive com o testemunho da vítima. Já a promotoria apresentou a versão de outra mulher; ela alega ser a terceira pessoa no vídeo e garante que o homem filmado é o rapper.

O júri formado por nove homens e três mulheres aceitou a alegação da defesa principalmente por conta de uma grande marca que R. Kelly traz nas costas e o homem do vídeo parece não ter.

O rapper de 41 anos é dono de hits como "I Believe I Can Fly" e tem treze álbuns lançados. Seu décimo quarto trabalho, 12 Play: Fourth Quarter , será o décimo segundo disco de estúdio e deverá ser lançado em breve.

Compre músicas de R. Kelly.

Leia mais sobre R. Kelly .