Rapper é preso nos Estados Unidos por dirigir sem licença

Redação iG Música |

O rapper Coolio foi preso nesta terça-feira nos Estados Unidos por dirigir com sua licença suspensa. O autor do hit "Gangsta's Paradise" alegou inocência, declarando já ter renovado sua licença, e foi solto poucas horas depois após pagar uma fiança de dez mil dólares.

Coolio foi parado pela polícia em Hollywood logo depois de ter sua entrada barrada no clube One Sunset e acusa o local de racismo. "Eu acho que fui barrado por ser muito escuro. Eu conheço algumas pessoas que não conseguiram entrar lá", disse o rapper. "Se eu tivesse entrado, não teria sido preso. Mas é assim. Negros têm que enfrentar muitas adversidades, então eu já estou acostumado".

Coolio lançou o álbum Gangsta's Paradise no final de 1995 e vendeu mais de quatro milhões de álbuns só nos Estados Unidos. A faixa que dá nome ao disco fez parte da trilha-sonora do filme "Mentes Perigosas".

Compre músicas de Coolio.

Leia mais sobre Coolio .

    Leia tudo sobre: coolio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG