Rapper DMX é condenado a 90 dias de prisão

Condenação ocorreu por porte de drogas, roubo e crueldade com animais

Reuters |

Um juiz do Arizona sentenciou nesta sexta-feira o rapper DMX a 90 dias de prisão por porte de drogas, roubo e crueldade com animais. O rapper, de 38 anos, cujo verdadeiro nome é Earl Simmons, está mantido sob custódia desde dezembro.

O comissário da Corte Superior do condado de Maricopa, Phemonia Miller, determinou ainda outros 18 meses de condicional supervisionada para Simmons.

O rapper, conhecido por músicas como "Year of the Dog ... Again" e "It's Dark and Hell is Hot", enfrentou acusações judiciais no ano passado no Arizona, onde ele tem uma casa perto do Phoenix.

Em maio, ele foi preso por porte de drogas e crueldade com animais. Autoridades encontraram o esqueleto de um cachorro e pitbulls subnutridos.

DMX também foi acusado de assumir a identidade de uma terceira pessoa e dar informação falsa durante uma viagem para o Arizona, em uma suposta tentativa de não pagar uma conta.

Simmons confessou ser culpado para diminuir três acusações criminais contra ele.

    Leia tudo sobre: dmx

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG