Prince é processado por antigos advogados

Segundo acusação, o cantor teria pago um valor menor do que deveria em quatro casos

Reuters |

O músico Prince está sendo processado por seus antigos advogados, que dizem que o artista lhes deve mais de US$ 700 mil (R$ 1,1 milhão), segundo documentos jurídicos.

A firma de advocacia Patterson Belknap Webb & Tyler disse em documentos registrados na Suprema Corte de Manhattan, na terça-feira, que Prince, cujo nome real é Prince Rogers Nelson, pagou apenas 125 mil por seus serviços jurídicos em seu divórcio e três outros processos legais movidos na Califórnia, Nova York e Irlanda.

Segundo os documentos, as "partes Nelson deixaram de pagar 708.687,04 dólares adicionais devidos à PBWT. A PBWT já solicitou o pagamento várias vezes, sem sucesso."

Não foi possível obter declarações da Patterson Belknap Webb & Tyler ou da Paisley Park Studios, de Prince.

Em 2006, Prince foi processado pelo jogador de basquete Carlos Boozer depois de, entre outras coisas, ter pintado faixas roxas na fachada de uma casa que o músico estava alugando de Boozer por 70 mil dólares mensais.

    Leia tudo sobre: Princemúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG