Pompeia.Beat recebe bandas de rock instrumental

Festival acontece até sábado em São Paulo

Agência Estado |

Com diversas boas bandas surgindo a cada temporada em território nacional, o rock instrumental se confirmou no Rec-Beat como uma tendência em alta. Só do Recife foram três novos nomes: A Banda de Joseph Tourton, Diversitrônica e Radistae.

As duas primeiras tocam na versão paulistana do festival no Sesc Pompeia, o Pompeia.Beat, que começa hoje com a Joseph Tourton e o argentino Kevin Johansen. A Diversitrônica divide a noite de amanhã com a dupla belga Madensuyu.

No sábado, os pernambucanos do Ska Maria Pastora abrem para os mexicanos Cabezas de Cera. Com exceção de Johansen, são todas experimentações em torno do rock sem palavras.

Além desses, o Rec-Beat no Recife abriu espaço para o power trio acreano Caldo de Piaba, que toca no dia 8 de abril no Studio SP, em São Paulo. Depois de Gabi Amarantos, de Belém do Pará, foi outra boa revelação do Norte do País, evidenciando, como disse o baterista Di Deus, que "a Amazônia está cheia de gente".

Pode-se chamar o caldo da banda de "índio" rock, com elementos de surf music, funk clássico, samba-rock e gêneros de influência afro-caribenha, como lambada e guitarrada.

O guitarrista Saulim era um dos muitos entusiasmados com a quantidade de shows bons e a receptividade do público recifense. Com mais esta edição marcante, o Rec-Beat reafirma sua reputação de um dos melhores festivais de música independente do País.

    Leia tudo sobre: agenda são paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG